Palavras cruzadas e um pouco de café.







domingo, 25 de março de 2012

O amor é punk, e outras drogas também. BLOG NOVO!!


Oi, meus docinhos de abóbora com chantili :) Hoje o post é para divulgar meu mais novo blog! Então, resolvi criar um blog pessoal no facebook, o que torna mais acessível ainda. E nem me passou pela cabeça a possibilidade de deixar esse aqui!! Por isso, vou postar nos dois, o diferencial é que lá existem mais artifícios para se usar, e as coisas são mais instantâneas. E aqui, os textos como de praxe, continuarão a ser longos.
Logo, se houver interesse de participar do meu novo blog, o link é esse "O amor é punk, e outras drogas também." , e ajudem a divulgar, belezinhas !  Beijocas no coração, até!

quarta-feira, 21 de março de 2012

Ficarei bem. Mas não hoje.

Essa é a minha vida de um ângulo pouco-privatizado e muito anormal!


Não, eu não tô bem. Não tô legal, minha vida não tá boa, e nada tá se encaminhando. Talvez eu não deva publicar coisas tão pessoais, e talvez tenha até muita gente querendo mesmo é que algo de muito triste aconteça, mas o fato é, eu estou precisando desabafar. E como ninguém no mundo consegue me entender, ou pelo menos não pelos lados que eu vejo, resolvo recorrer a esse grande amigo e aliado de todas as horas. Diante mão peço-lhe desculpas pelo seu total abandono, querido blog! Nós últimos dias não tenho tido muito tempo para muita coisa, e a minha vontade de organizar a minha tão bagunçada vida acabou resultando em mais bagunça ainda.
 Pois bem, sem mais delongas, e de volta com o meu pensamento inicial, eis que vou explicar-lhes a razão da minha tristeza e a falta de ânimo para minhas atividades diárias e até mesmo para programas antes considerados IMPERDÍVEIS. Não que eu queira me fazer de pobre coitada sofredora, mas de fato, não tá fácil. É estudo demais, é "escola" demais, são coisas demais, e eu de menos. Não consigo mais ficar de bem comigo, e a cada vez que me olho no espelho, é um decepção diferente. O problema não é a beleza ( ou a falta dela, hahaha) na verdade, eu não sei qual é o problema, mas ele tá comigo. Não é questão de estética, talvez seja alguns "por centinhos", porém é mais questão de  CONSEGUIR CONVENCER A SI PRÓPRIA QUE VOCÊ TÁ BEM, por mais incrível que pareça, eu finalmente cheguei ao ponto de não conseguir isso.
Eu preciso me recompor, voltar a ser o que era antes.É incrível como eu tinha "gás" para fazer tantas coisas no dia sem reclamar, contudo hoje eu me vejo como uma fracassada, sendo que eu ainda não estou nem na metade da minha caminhada. É muito triste para mim, mas eu tenho certeza que isso não tá acontecendo só comigo e que já aconteceu com muita gente também. Além de que, eu sei das mudanças em que eu estou passando, e que a maioria delas não está me fazendo muito bem.
Queria que se abrisse um espacinho no tempo, para que eu pudesse corrigir as coisas que estão erradas, encontrar meios para "me solucionar" e finalmente reconstruir os laços de amor perdidos entre mim, e eu mesma. A verdade é que eu não tenho o vira-tempo da Hermione Granger e infelizmente não sei onde vende, ou seja, não consigo parar o tempo e o jeito mais eficaz que eu encontrei para tentar ficar bem comigo, é consertar tudo na medida em que o tempo passa. Não é fácil, mas eu vou conseguir. Quero voltar a ser como antes. Quero ficar bem comigo, e o fato de QUERER já é uma parte do caminho que foi percorrida. Vou começar a mudar, e estou decida que isso se dará a partir de HOJE!